Arquivos Dat No Stata Forex




Arquivos Dat No Stata ForexEu tentei abrir um arquivo. dat usando o Stata, e ele realmente abriu, mas o conjunto de dados foi uma bagunca completa. Peguei o arquivo de NBER (dados CPS). Clique no icone A do ano de 1964 de marco. Eu tentei o procedimento Stata regular para arquivos. dat: dados File-gtImport-gtASKII criados por planilha (delimitador) conforme recomendado no manual Stata para arquivos. dat. Mas ainda nao esta funcionando. Existem outras formas de abrir arquivo. dat. Posso converte-lo para. csv de alguma forma (Todos os arquivos de dados sao arquivos ASCII compactados com o comando Unix compress.) Existe um aplicativo Java para obter os dados da CPS, DataFerrett Este aplicativo Permite que voce obtenha CPS e outros conjuntos de dados. Mas nao e muito eficiente. Posso mostrar-lhe um exemplo de como abrir um deles voce mesmo (voce pode usa-lo para qualquer ano no intervalo 1989 ate 2012). Baixe o arquivo. dat Salve-o em uma pasta do Desktop (C: Utilizador do Utilizador). Baixe arquivos. do e. dct a partir daqui. Guarde-os na mesma pasta. Abra o arquivo. dat exatamente como voce o abre na sua pergunta no Stata Save Como um arquivo. dta do Stata na mesma pasta (C: Usuario do Utilizador). Abra o arquivo. do (usando o Bloco de Notas) que esta na sua pasta (C: Administrador do Usuario). No inicio, voce vera que o autor prescreve variaveis ??locais para Os caminhos de. dta. Dat e. dct arquivos. Altere os caminhos de modo que eles apontem para o arquivo. dta salvo. Dat e. dct na sua pasta (C: Utilizador do usuario). No seu Desktop Reopen Stata, e execute o arquivo. do da sua pasta (C: Utilizador do usuario). Feito Guarde o arquivo. dta Agora, para os anos de 1962 a 1988, Voce pode fazer o mesmo procedimento (10 passos) como expliquei acima, mas infelizmente o NBER nao fornece os arquivos. do e. dct. Isso significa que voce tem que escreve-los voce mesmo. Pegue um dos arquivos. do e. dct de qualquer um dos anos (1989 - 2012) como referencia e escreva seus proprios arquivos. do e. dct. Voce tera que fazer correcoes para que os novos arquivos. do e. dct sejam consistentes com a documentacao. pdf correspondente para cada ano. Eu sei que e muito mare, mas essa e a unica maneira de lidar com isso. Respondeu 15 de maio 13 as 0:57 Considere isso na perspectiva do NBER Eles estao tentando disponibilizar dados por mais de um par de anos, entao eles terao que lidar com o fato de que os formatos mudam, alguns programas se tornam menos populares e Surgirao novos programas. Uma maneira de contornar isso e disponibilizar os dados com apenas uma formatacao minima. Isso significa que torna-se mais dificil abrir um arquivo em um determinado pacote de software (como voce notou), mas o formato que nao existe nao pode ficar desatualizado, entao os dados continuarao a ser uteis por um longo periodo de tempo. Isso e um trade-off justo. Ndash Maarten Buis 15 de maio 13 as 7:25 Buras: Seu relatorio mais recente nao e mais que tentou usar o arquivo. do. Isso nao e nenhum detalhe para comentar. A documentacao parece muito complicada, mas, infelizmente, apenas aqueles que tambem querem usar esses dados provavelmente serao motivados a le-lo. Ndash Nick Cox 18 de maio 13 as 7:17 Obrigado pela resposta. Preciso de todos os varialbes para todos os anos. Kamil explicou como lidar com os arquivos de 1989 a 2012. No entanto, eu tambem preciso de arquivos de 1962 a 1989. Entao ela recomenda que escreva. do e. dct para esses anos. Eu li o. pdfs, mas ainda estou confuso como escrever. do e. dct. Cada linha de. dat contem valores criptografados para cada variavel ou valores prontos. O que e o delimitador etc. ndash Buras 19 de maio 13 as 4:27 o delimitador e quotquot, ou seja, foi omitido para economizar espaco (1964 era simplesmente diferente, voce sabe). Em vez disso, cada campo tem comprimento fixo (coluna Digits em pdf). A coluna Posicoes define o intervalo de caracteres para cada campo. Exemplo: 10. quotAge by Single Yearsquot e um numero de 2 digitos encontrado nos caracteres 33 e 34 (0 primeiro) de cada linha do tipo B (como eu disse que existem dois tipos de linhas, eu os chamo A e B). 11. quotRecoded Agequot e outra coluna que trata da idade e o digito encontrado como char 35 e identico ao que voce obtem ao pesquisar quotAge by Single Yearsquot na legenda encontrada na descricao de 11. obteve ndash user829755 19 de maio 13 as 15: 48 Obrigado eu entendi. Voce acha que vale a pena tentar escrever. do e. dct para os anos 1962 a 1989, levando 1989 a 2012 como referencia, tentei abrir 1962 usando 2012.do e. dct, mas nao funcionou. Ndash Buras 19 de maio 13 as 19: 28NOTICE: O grupo de consultoria estatistica IDRE estara migrando o site para o WordPress CMS em fevereiro para facilitar a manutencao e criacao de novos conteudos. Algumas de nossas paginas antigas serao removidas ou arquivadas de modo que elas nao serao mais mantidas. Vamos tentar manter os redirecionamentos para que os URLs antigos continuem a funcionar da melhor maneira possivel. Bem-vindo ao Instituto de Pesquisas Digitais e Educacao Ajude o Grupo de Consultoria Estatal, dando um presente Modulo de Aprendizado Stata Usando e salvando arquivos no Stata Usando e salvando arquivos de dados Stata O comando de uso obtem um arquivo de dados Stata do disco e o coloca na memoria para que voce Pode analisa-lo e modifica-lo. Um arquivo de dados deve ser lido na memoria antes de poder analisa-lo. E muito parecido quando voce abre um documento do Word, voce precisa ler um documento do Word no Word antes de poder trabalhar com ele. O comando de uso abaixo obtem o arquivo de dados Stata chamado auto. dta do disco e o coloca na memoria para que possamos analisar e modifica-lo. Uma vez que os arquivos de dados da Stata terminam com. dta voce so precisa usar o uso automatico e a Stata sabe ler no arquivo chamado auto. dta. O comando de descricao informa informacoes sobre os dados que estao atualmente sentados na memoria. Agora que os dados estao na memoria, podemos analisa-lo. Por exemplo, o comando de resumo fornece estatisticas de resumo dos dados atualmente na memoria. Vamos fazer uma alteracao nos dados na memoria. Vamos calcular uma variavel chamada price2, que sera o dobro do valor do preco. Se usarmos o comando de descricao novamente, vemos que a variavel que acabamos de criar faz parte dos dados na memoria. Tambem vemos uma nota da Stata dizendo que o conjunto de dados mudou desde a ultima vez que foi salvo. A Stata sabe que os dados na memoria mudaram e precisariam ser salvos para evitar a perda das mudancas. E como quando voce esta editando um documento do Word se voce nao salvar os dados, todas as alteracoes que voce fizer serao perdidas. Se desligarmos o computador antes de salvar as alteracoes, as mudancas que faremos serao perdidas. O comando save e usado para salvar os dados na memoria permanentemente no disco. Permite salvar esses dados e chama-lo de Auto2 (o Stata ira salva-lo como auto2.dta). Vamos fazer outra alteracao no conjunto de dados. Vamos calcular uma variavel chamada price3 que sera tres vezes o valor do preco. Vamos tentar salvar esses dados novamente em auto2. Voce viu como o arquivo auto2.dta da Stata ja existe. A Stata esta preocupada com o fato de voce substituir acidentalmente seu arquivo de dados. Voce precisa usar a opcao de substituicao para dizer ao Stata que voce sabe que o arquivo existe e voce deseja substitui-lo. Vamos fazer outra alteracao nos dados na memoria criando uma variavel chamada price4 que e quatro vezes o preco. Suponhamos que queremos usar o arquivo automatico original e nao nos importamos se perdermos as mudancas que acabamos de fazer na memoria (ou seja, perdendo a variavel price4). Podemos tentar usar o arquivo automatico. Veja como a Stata se recusou a usar o arquivo, dizendo que nenhum dado na memoria seria perdido. Stata nao queria que voce perdesse as mudancas que voce fez nos dados que estavam na memoria. Se voce deseja realmente descartar as mudancas na memoria, use a opcao de desmarcar no comando de uso, conforme mostrado abaixo. A Stata tenta protege-lo de perder seus dados fazendo o seguinte: 1. Se voce quiser salvar um arquivo por um arquivo existente, voce precisa usar a opcao de substituicao, por exemplo, Salve o auto, substitua. 2. Se voce tentar usar um arquivo e o arquivo na memoria tiver mudancas nao salvas, voce precisa usar a opcao desmarcar para dizer ao Stata que deseja descartar as alteracoes, p. Ex. Use auto, claro. Antes de passar para o proximo topico, vamos limpar os dados na memoria. Usando arquivos maiores que 1 megabyte Quando voce usa um arquivo de dados, o Stata le todo o arquivo na memoria. Por padrao, o Stata limita o tamanho de dados na memoria para 1 megabyte (PC versao 6.0 Intercooled). Voce pode ver a quantidade de memoria que o Stata reservou para dados com o comando de memoria. Se voce tentar usar um arquivo que exceda a quantidade de memoria que o Stata alocou para dados, isso lhe dara uma mensagem de erro como essa. Sem espaco para adicionar mais observacoes r (901) Voce pode aumentar a quantidade de memoria que o Stata alocou para dados usando o comando set memory. Por exemplo, se voce tivesse um arquivo de dados que era de 1,5 megabytes, voce pode configurar a memoria para, digamos, 2 megabytes mostrados abaixo. Depois de aumentar a memoria, voce pode usar o arquivo de dados se voce tiver reservado memoria suficiente para isso. Para usar o arquivo automatico do disco e le-lo na memoria Para salvar o arquivo automaticamente da memoria no disco Para salvar um arquivo se o arquivo automatico ja existe para usar um arquivo automatico e limpar os dados atuais na memoria Se voce quiser limpar Os dados na memoria, voce deseja perder as alteracoes Para alocar 2 megabytes de memoria para um arquivo de dados. Para visualizar a alocacao de memoria em dados e quanto e usado. O conteudo deste site nao deve ser interpretado como um endosso de qualquer site, livro ou produto de software especifico da Universidade da California.